Cobertura Especial Livres DT - Manhã da Sexta do Congresso DT Nordeste

Por César Costa da Silva - 21 de julho de 2017 Nenhum comentário
João Pessoa amanheceu com uma chuva de bênçãos e a abertura do período da programação da manhã de sexta-feira do Congresso Internacional Adoração, Intercessão e Missão DT Nordeste 2017 se deu com uma saudação e oração da parte do Pr. Gustavo Bessa e da Ana Paula Valadão, que logo passaram a oportunidade do período de louvor com músicas para a banda do Fred Arrais junto com sua esposa Flávia Arrais.

Durante este período ele entoou as canções "Tremenda Graça", declarando que o Cordeiro Jesus venceu a morte e vive eternamente, "Incendeia-nos", "Tu és Bom" e encerrou declarando "Meu Salvador", as três de autoria do próprio Fred Arrais.

Após este período, a Ana prestou homenagens aos congressistas e logo em seguida começou o bate-papo sob a temática "Burn out - Por que os pastores se esgotam?" com Pr. Gustavo Bessa, Ana Paula Valadão, Ezenete Rodrigues, Pr. Estevam Fernandes, Neidinha e a Dra. Daniela Bessa.

O Pr. Gustavo começou o bate-papo apresentando alguns dados dos Estados Unidos sobre o ministério pastoral, onde 80% dos pastores acredita que o ministério pastoral prejudica seu relacionamento familiar, 75% dos pastores já tiveram alguma crise de estresse relacionada ao ministério, dentre outros dados.

Neidinha, esposa do Pr. Estevam Fernandes, relatou que como profissional da área de saúde por mais de 30 anos ela tem visto que muitas vezes a mulher não assume o papel de costela, conselheira, apoiadora, e sem entender isso elas se entregam à depressão sem perceber. Ainda citou também as mulheres que por conta das muitas atividades fora de casa não têm tempo de cozinhar e não gostam de cuidar dos filhos, então quem vai cuidar dos filhos são os outros e quem vai querer dar assistência a seu esposo será outra.

Continuando com a temática, a Dra Daniela Bessa definiu o que é 'Burn out' e como o trabalho pastoral dificilmente permite que elementos de lazer, recreação, diversão façam parte desta rotina. O que sobra então são reclamações, frustrações, e pouco retorno emocional da família e dos obreiros. Além da alimentação, outros fatores influenciam o esgotamento pastoral como, por exemplo, falta de sono, falta de redes de amizade, falta de um ombro amigo.

Além disso, ela também relatou que a cobrança que existe em cima do pastor é algo muito grande, como, por exemplo, existe a cobrança da vida afetiva com a esposa, vida afetiva com os filhos, vida de aconselhamento, vida devocional com Deus, além de outras áreas, então o pastor pode até substituir o valor da família e a realização da obra por estar se preocupando com "Deus".

Uma possível solução exposta pela Ana foi a de que o pastor deve ter um coração mais quebrantável e coragem de buscar a ajuda da esposa e/ou de outra pessoa confiável para lhe ajudar nas horas difíceis. Solução esta reforçada pelo Pr. Estevam Fernandes, pois ao concordar citou que em Igrejas muitas vezes os pastores se sentem em uma competição e sem amigos verdadeiros, por isso é tão importante buscar ajuda.

O Pr. Gustavo então puxou a vertente da batalha espiritual, já que o Inimigo deseja investir muito na destruição da vida do pastor porque assim as ovelhas ficarão dispersas, sem rumo. Gustavo então citou a história na qual Paulo, Barnabé e João Marcos na primeira viagem missionária na qual encontraram Elimas, o Mágico, que se opunha aos ensinamentos de Jesus ditos por Paulo, então este repreendeu o Elimas, o Pro-Consul Sérgio Paulo se converteu houve um avivamento, mas Paulo e Barnabé foram abandonados por João Marcos, que voltou à Jerusalém. Então esta equipe não saiu intacta da batalha espiritual enfrentada por isso devemos estar sempre atentos.

Encerrando o bate-papo, a Ana chamou a todos os pastores à frente assim como também as suas ovelhas para darem um abraço e uma palavra de consolo a eles, pois todos os pastores são homens comuns como qualquer outro sujeito às mesmas tentações. O momento se seguiu ao som das canções "Eis-me Aqui" (DT 7), e "Eu vou prosseguir" (DT 13). Logo após a canção "Recebi um novo coração" foi cantada encerrando este momento de unidade do Corpo de Cristo.

O Pr. Gustavo Bessa pregou sobre a "2ª Pedrinha: A Amizade" utilizando trechos do livro II Timóteo como base, pois foi a última carta escrita por Paulo. Este se encontrava em uma prisão na qual eram mantidas as pessoas antes delas serem degoladas, mesmo assim ele não estava preocupado com sua própria vida, mas sim com a mensagem do Evangelho e por isto escreveu esta carta para advertir Timóteo sobre as dificuldades que o aguardavam nesta caminhada ministerial.

Ao decorrer da carta, Paulo não engana Timóteo dizendo que o ministério é fácil e tranquilo, mas reafirma as dificuldades relatando várias pessoas que o abandonaram ou o deixaram em momentos difíceis e de necessidades como, por exemplo, Fígelo e Hermógenes que no momento que Paulo mais precisava essas pessoas não se fizeram presentes, nem mesmo para depor a favor do apóstolo antes dele ser preso. Himeneu e Fileto, ambos perverteram a fé de muitos por ensinarem erroneamente o Evangelho apenas para atrair mais pessoas a eles. Outra pessoa citada foi Demas, companheiro de Paulo em viagens missionárias, porém quando as coisas começaram a se tornar um risco de vida ele não somente virou as costas para Paulo, mas para Deus, pois passou a servir em templos pagãos. Alexandre, o latoeiro, trouxe muita dor de cabeça à vida de Paulo, pois este não apenas resistiu às verdade de Paulo mas o denunciou às autoridades para ser preso.

Em meio a tantas traições, abandonos e reviravoltas na vida ministerial de Paulo, ele revela o segredo que o ajudou a ter um coração curado e uma mente tranquila a esta altura da vida. Não foi porque ele jejuou muito, não foi porque ele orava demais, muito menos porque ele havia sido alcançado por Deus de maneira sobrenatural, mas sim por causa do irmão em Cristo chamado Onesíforo, pois ele era leal e foi aquele que o reanimou, o consolou e o ajudou Paulo em momentos difíceis.

Precisamos de Onesíforos em nossas vidas, aquelas pessoas com quem podemos contar nos momentos em que estamos sobrecarregados, cheios de compromissos, cobranças, culpados pelo pecado. O Pr. Gustavo disse "Porque Paulo foi curado no coração por conta da amizade com Onesíforo que ele escreve esta carta agora à Timóteo, pois assim como Onesíforo o ajudou, Paulo agora pode ajudar a Timóteo sendo o amigo conselheiro que ele precisa neste momento."

Encerrando a pregação, o pastor conduziu um momento em que os congressistas se abraçaram sentindo o abraço do Pai os consolando, curando e reanimando os necessitados. Logo após ele clamou para que possamos ser "Onesíforo na vida de muitos Paulos e Paulo na vida de muitos Timóteos" e o Diante do Trono cantou novamente "Eu vou prosseguir" (DT 13).

Assista a Transmissão AO VIVO no canal do Diante do Trono de como foi a Manhã da Sexta-Feira (21/07) do Congresso Internacional Adoração, Intercessão e Missão DT Nordeste 2017:


Aqui no Livres Diante do Trono você pode acompanhar uma Cobertura Especial do Congresso DT realizado em João Pessoa/PB, solo nordestino tão amado por este Ministério. Para mais informações da nossa Cobertura Especial continue nos acompanhando neste site assim como nas nossas Redes Sociais descritas abaixo:

INSTAGRAM     FACEBOOK     YOUTUBE     TWITTER


Se você deseja mais informações sobre o Congresso DT Nordeste 2017 acesse o Hot-Site Especial.

César Costa da Silva - Idealizador e editor-chefe do Livres Diante do Trono 

Deixe sua opinião nos comentários abaixo

Livres DT - O seu canal de notícias do Diante do Trono e do Mundo Cristão 
livresdt@yahoo.com.br

Nenhum comentário para " Cobertura Especial Livres DT - Manhã da Sexta do Congresso DT Nordeste "