Cobertura Especial Livres DT - Noite da Sexta do Congresso DT Nordeste

Por César Costa da Silva - 22 de julho de 2017 Nenhum comentário
Na segunda noite do Congresso Internacional Adoração, Intercessão e Missão DT Nordeste 2017, o Pr. Gustavo Bessa e a Ana Paula Valadão começaram presenteando a maior Caravana presente no local (25 pessoas), apresentaram a artista plástica Flávia Barsanulfo a qual pintou dois quadros durante os dias do Congresso e falou ao Ministério de Libras, tão presente na Igreja Batista da Lagoinha e nos eventos do Diante do Trono.

Logo depois, o Diante do Trono apresentou a canção "Família Bendita", não gravada ainda pelo Ministério DT, onde a Ana Paula ministrou sobre a vida das famílias representadas e incentivou que os congressistas clamassem pelos familiares não alcançados ainda pela graça de Deus, direcionando a temática da noite que foi a família, tão atacada nos últimos anos por ideologias que não condiz com as Escrituras Bíblicas.

Ainda no período das canções, o Diante do Trono entoou "À Sombra do Altíssimo" (DT 4) e "Canção do Apocalipse" (DT 13), onde ela ministrou sobre a confiança que devemos ter no Senhor e a esperança que temos de nos encontrar com Jesus nos últimos dias. Em seguida ela apresentou o projeto "Imersão", que já possui duas gravações, e incentivou as Igrejas a fazerem o mesmo mergulhando nos cânticos espontâneos.

O Bate-papo da noite contou com as participações do Pr. Gustavo Bessa, Ana Paula Valadão, Ezenete Rodrigues, Neidinha (esposa do Pr. Estevam Fernandes), Fred e Flávia Arrais com a temática “O Fim da Família: Diagnóstico, Prevenção, Tratamento e Cura” envolveu diversas áreas familiares começando com a Neidinha, nutricionista, que dialogou sobre a alimentação, pois hoje em dia ela está acabando com a saúde física e consequentemente familiar, mas devemos cuidar do templo do Espírito Santo e que envolve uma boa parte do tempo em família que é ao redor da mesa.

O casal Fred e Flávia Arrais deram o testemunho de como ensinar os filhos a amar estar na igreja, pois muitos filhos pensam que a igreja está roubando os pais deles. Ao ser perguntada se é possível restaurar a funcionalidade de uma família, Ezenete Rodrigues testemunhou sobre um caso recente de uma família de pastores cuja filha vivia em depressão e se cortava frequentemente. Então ela identificou o problema e começou um trabalho com os pais e depois com a família, pois geralmente um filho é o reflexo do que a família está vivendo. Hoje esta menina não se corta mais e a família está funcional novamente. A oração é a chave de tudo. Assim como a própria Ana Paula relatou a experiência de libertação que viveu de um espírito maligno de opressão que a fazia ficar com raiva do esposo. Apenas após identificar o problema pode-se orar e interceder pela cura naquela determinada área específica.

Em relação à convivência familiar, o Pr. Gustavo Bessa relatou uma experiência vivida com Isaque, seu filho mais velho, na qual só após a rotina da família mudar para algo mais intimista e próxima ele pôde ouvir uma resposta ao "Eu te amo" que sempre era dito, mas nunca correspondido pelo filho.

A Ezenete ainda tratou sobre a individualidade de cada filho para que os pais não tratem todos da mesma forma, no qual o Gustavo aproveitou o momento e relatou sobre casais que não querem ter filhos pois tem a ideia de que "filhos são uma bênção, mas dão muito trabalho". Este pensamento não é algo bíblico mas é imposto pela sociedade de hoje ser individualista, egoísta e narcisista levando as pessoas a ter o desejo de serem felizes sozinhas.

Em outro momento do Bate-papo, a Ana Paula deu ênfase ao ataque que a família vem recebendo em relação à ideologia de gênero pois é já tem adentrado em nossas igrejas, onde algumas já realizam casamentos homossexuais e alguns "pastores" são declaradamente homossexuais. Como uma forma de defesa à família tradicional pode-se usar a própria Constituição do nosso país que assegura que o casamento deve ser entre pessoas de sexo oposto.

Finalizando este momento de Bate-papo, a Ana contou uma experiência vivida dias atrás com seu filho Isaque que com 11 anos começou a orar e interceder por cada amigo, pela família de cada um, pela sua própria família, pelos pais, irmão, primos, avós e avôs maternos e paternos, e quando acabou ela percebeu que a oração durou mais de uma hora, e dentre as falas dele para sua mãe entre este momento marcante foi "agora eu sei porque meu pai é um pai perfeito" e ela entendeu que porque ele vê a vida diária do pai, este se torna um exemplo do que ele deseja se tornar.

Logo após, o Fred Arrais, acompanhado de sua esposa, Flávia, cantou "Voltar ao Caminho" uma de suas composições. No momento da canção ele clamou pelo retorno das famílias ao único caminho que é reto, justo e perfeito: Jesus!

Após este momento, a Ana Paula Valadão convidou o Estevam Fernandes, pastor da Primeira Igreja Batista de João Pessoa que sedia o Congresso DT Nordeste em parceria com o Diante do Trono, e ela fez o convite ao pastor de em 2018 ele ser um dos preletores do Congresso Homens e Mulheres Diante do Trono em Belo Horizonte/MG.

A "3ª Pedrinha: A Família" foi pregada sendo introduzida pelo Pr. Estevam Fernandes em Lucas 13.6-9 onde ele retratou que "Deus reprova aquilo que não cumpre a função para o qual Ele criou", chamando atenção para as famílias desfuncionais que são aquelas que não cumprem a funcionalidade correta que Deus criou. O conceito de funcionalidade na família pode ser entendido como o marido e a esposa que se suprem em todas as necessidades como o homem sendo o líder da família e a mulher sendo a conselheira idônea do lar, assim como os dois ensinando os filhos no caminho que devem seguir, como ensina as Escrituras.

A família é a credencial mais importante de um pastor” foi uma frase proferida pelo Pr. Estevam Fernandes durante a pregação e pode ser entendida como se a família de um pastor vai bem é porque ele está bem em seu relacionamento com Deus, mas como um homem pode pastorear uma Igreja se ele não consegue conduzir sua própria família? Resposta: ele não pode!

Em um dos momentos mais marcantes da pregação ele relatou sobre famílias que deixam se levar por uma vida de pecados em que os pais deixam seus filhos com atitudes sexualmente contrárias à função que Deus criou como, por exemplo, filho tendo relações sexuais com sua namorada ou filha com uma relação íntima com uma "amiga". Os pais devem proferir com nome os desejos que possuem para seus filhos e orar com eles ao perceberem que estão enfrentando dificuldades, pois se os filhos não confiarem nos pais eles irão se deixar levar pelo conselhos dos "amigos" descrentes.

Finalizando a pregação, ele pediu para que todos levantassem as mãos e declarassem "A minha família é do Senhor e a minha família não é desfuncional. Minha família é santa e saudável para a glória de Deus".

Ao final da noite, com a hora já avançada, a Ana Paula Valadão se despediu dos congressistas e o Diante do Trono cantou novamente a canção "Família Bendita", que você pode conferir em breve no nosso canal do YouTube Livres DT (Inscreva-se!) assim como mais conteúdos exclusivos do Congresso DT Nordeste e outros eventos.

Assista a Transmissão AO VIVO no canal do Diante do Trono de como foi a Noite da Sexta-Feira (21/07) do Congresso Internacional Adoração, Intercessão e Missão DT Nordeste 2017:


Aqui no Livres Diante do Trono você pode acompanhar uma Cobertura Especial do Congresso DT realizado em João Pessoa/PB, solo nordestino tão amado por este Ministério. Para mais informações da nossa Cobertura Especial continue nos acompanhando neste site assim como nas nossas Redes Sociais descritas abaixo:

INSTAGRAM     FACEBOOK     YOUTUBE     TWITTER

Se você deseja mais informações sobre o Congresso DT Nordeste 2017 acesse o Hot-Site Especial.

César Costa da Silva - Idealizador e editor-chefe do Livres Diante do Trono 

Deixe sua opinião nos comentários abaixo

Livres DT - O seu canal de notícias do Diante do Trono e do Mundo Cristão 
livresdt@yahoo.com.br

Nenhum comentário para " Cobertura Especial Livres DT - Noite da Sexta do Congresso DT Nordeste "